Olhar Jurídico

Domingo, 19 de janeiro de 2020

Notícias / Geral

TJMT recebe auxílio de voluntários da ONU e programa dia para falar sobre missão

Da Redação - Vinicius Mendes

04 Dez 2019 - 08:27

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

TJMT recebe auxílio de voluntários da ONU e programa dia para falar sobre missão
O Dia Internacional do Voluntariado, na quinta-feira (5), será uma data especial. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), em parceria com o programa de Voluntários das Nações Unidas e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), programou a realização da palestra “O papel do voluntariado na missão da ONU: retrato da experiência em Mato Grosso” para marcar a data.
 
Leia mais:
Justiça recebe denúncia contra madrasta que matou enteada envenenada
 
Desde agosto, um grupo de 31 voluntários ligados à ONU vem prestando serviços ao Poder Judiciário estadual por meio de uma força-tarefa, enviada ao Estado através de acordo de cooperação técnica internacional para o desenvolvimento de projetos para o sistema prisional do Brasil. Esse convênio é firmado entre o CNJ, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e o TJMT.
 
Esse mesmo grupo trabalhou na implantação dos processos de execução penal, que tramitavam de forma física, no Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU). E, agora neste mês, com a conclusão dos trabalhos de maneira antecipada, os voluntários foram realocados numa nova missão: a digitalização do acervo físico das unidades judiciárias do Fórum da Capital para a inclusão na plataforma do Processo Judicial Eletrônico (PJe).
 
A palestra será proferida pelo coordenador local do Programa de Voluntários das Nações Unidas, Luis Pedroso, a partir das 14h, no auditório Gervásio Leite, na sede do TJMT. A entrada é gratuita, aberta ao público e não requer inscrição prévia.
 
O Programa de Voluntários da ONU mobiliza profissionais, nacional e internacionalmente, para atuar em projetos de desenvolvimento dos parceiros, que variam entre as diferentes agências das Nações Unidas, governos e a própria sociedade civil em geral. Além disso, os voluntários são recrutados para atuar em projetos humanitários, programas eleitorais e missões de paz da ONU.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet