Olhar Jurídico

Terça-feira, 25 de junho de 2024

Notícias | Financeiro

RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Pendência de R$ 2,5 milhões das Americanas com o Shopping Pantanal é a maior entre os credores de Cuiabá

Foto: Reprodução

Pendência de R$ 2,5 milhões das Americanas com o Shopping Pantanal é a maior entre os credores de Cuiabá
Em recuperação judicial desde o dia 19 de janeiro, as Americanas declararam rombo de R$ 43 bilhões em dívidas a 7.967 nomes. De Cuiabá, 22 empresas constam na extensa relação de credores e, dentre elas, o maior débito da varejista é de R$ 2,5 milhões, com o Shopping Pantanal. A lista foi entregue no dia 25 de janeiro à 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, onde tramita o processo.


Leia mais: 
Cobranças em ações contra empresária acusada de aplicar golpes ultrapassa R$ 3 milhões

 
A dívida das Americanas com o Pantanal é de exatamente R$ 2,589,119.08, a maior entre os 106 shoppings que constam como credores. Na sequência vem o Esplanada de Sorocaba (SP), da Iguatemi, cuja pendência é de R$ 1,6 milhão. Além disso, o Shopping Goiabeiras e o 3 Américas, de Cuiabá, possuem créditos de R$ 3,2 mil e R$ 55,00, respectivamente. 

Outras 22 empresas de Cuiabá aparecem na Classe III, categoria com maior quantidade de credores, um total de 6.438 nomes identificados como “dívidas com terceiros”, como por exemplo a Energisa (R$ 20 mil), a CD Centro Oeste (R$ 810 mil), bem como a Otis Elevadores (R$ 288 mil), Mercall Investimentos (R$ 105 mil), uma empresa de alarme (R$ 101 mil), entre outros. No total em Mato Grosso, as Americanas possuem dívidas com 50 nomes.

Ao todo, as lojas Americanas devem R$ 41.231.076.111,35. Desse total, R$ 109.484.866,54 se referem a micro e pequenas empresas; R$ 64.842.121,99 são créditos trabalhistas e R$ 41.056.749.122,82 são créditos quirografários. Os valores da lista não estão devidamente discriminados pelo tipo de despesas, mas conforme a Infomoney, provavelmente se tratam de aluguéis atrasados ou dívidas com condomínios.
 
Bancos, empresas de tecnologia e até fabricantes de chocolate aparecem no documento. A varejista diz ser "a maior varejista de ovos de Páscoa do mundo" e usou esse argumento no pedido de recuperação judicial.

Procurada, a assessoria do Shopping Pantanal não quis se manifestar sobre o assunto. A empresa Americanas ainda não respondeu o Olhar Jurídico. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet