Olhar Jurídico

Quarta-feira, 15 de julho de 2020

Notícias / Criminal

Secretário processa vereador Abilinho por calúnia, injúria e difamação

Da Reportagem Local - Carlos Gustavo Dorileo

04 Abr 2019 - 08:16

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Secretário processa vereador Abilinho por calúnia, injúria e difamação
O secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Pôssas de Carvalho está processando o vereador Abílio Junior (PSC) pelos crimes de calúnia, injúria e difamação. Uma audiência preliminar com ambos já foi designada para a próxima semana, no Juizado Especial Criminal Unificado, da capital.

Leia também
Emanuel chama vereadores de oposição de “molecada” e promete ação na Justiça


De acordo com o processo, cadastrado no Tribunal de Justiça no dia 13 de março, uma audiência que será presidida pelo juiz Mário Roberto Kono de Oliveira foi marcada para as 14h do dia 11 de abril.

Um oficial de justiça, inclusive, já esteve no gabinete do vereador, na Câmara Municipal e entregou a intimação para audiência a um de seus funcionários.

O titular da pasta de Saúde, que acumula o cargo de procurador do município já havia declarado publicamente que iria processar o parlamentar, além de pedir uma indenização, por ter sido acusado de ter cometido tráfico de influência e de agir em favor de uma empresa que presta serviços farmacêuticos a prefeitura de Cuiabá.

Durante uma sessão ocorrida no mês de fevereiro, Abílio disse que existe um conflito de interesses envolvendo Pôssas, seu escritório de advocacia e a empresa AFIP, prestadora de serviços laboratoriais para a secretaria de Saúde da Capital.

“Ele possui uma empresa de advocacia chamada 'Consultores e Advogados Associados', a Civitas, que por sua vez, presta serviços à Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP), contratada da SMS e recebe altas somas da municipalidade”, acusou o vereador, durante sessão.

A reportagem entrou em contato com o vereador, que disse estar tranquilo quanto ao processo e que mantêm a denúncia feita na tribuna da Câmara, tendo já juntado documentos que comprovam a improbidade.

No início desta semana, o próprio prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) chegou a declarar que pretende acionar o grupo de oposição na Câmara, do qual Abílio faz parte, pelas críticas que vem recebendo.
 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • RSANTOS
    04 Abr 2019 às 15:38

    Olhei agora no site do TJ, e vi que o vereador Abílio vai sentar no banco dos réus no dia 11/04/2019 no juizado especial criminal por calunia e difamação,,, vai começão a responder pelos seu ato de baderna. sei que esse site não costuma a publicar meus comentários... mais outros vão cometar..

  • Beatriz Nogueira
    04 Abr 2019 às 15:03

    Estamos fartos desse Abílio Misael deveria urgentemente efetuar sua cassaçao!

  • Antonia
    04 Abr 2019 às 10:47

    O Ver. Abilio Brunini é um dos mais atuantes na Câmara Municipal de Cuiabá. Tem todo nosso apoio, fiscaliza o poder executivo municipal.. desempenha bem seu papel. Basta de desmandos com dinheiro publico.

Sitevip Internet