Olhar Jurídico

Quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Notícias | Eleitoral

baseadas em delação

Juiz homologa arquivamento de investigações sobre suposto Caixa 2 para beneficiar Avalone, Wilson e Maluf

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Juiz homologa arquivamento de investigações sobre suposto Caixa 2 para beneficiar Avalone, Wilson e Maluf
Justiça Eleitoral determinou arquivamento de três inquéritos baseados na delação premiada do ex-secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto, concluindo pela insuficiência de provas sobre supostos crimes de Caixa 2 cometidos por Wilson Santos (ex-PSDB, atual PSD), Guilherme Maluf (ex-deputado pelo PSDB e atual conselheiro do TCE) e Carlos Avalone (PSDB). Santos e Avalone ocupam cadeiras no parlamento estadual. 

Leia também 
Desembargador diz que advogado faz 'desserviço' a cliente em sustentação

 
Permínio afirmou que durante a campanha eleitoral do ano de 2014, a pedido do então deputado Federal Nilson Leitão, político tucano, recebeu em sua própria conta bancária o valor de R$ 175 mil, divididos em três depósitos de R$ 40 mil, R$ 60 mil e R$ 75 mil.
 
O depoimento do delator afirmou que o referido valor, segundo informado em conversa com Nilson Leitão, tratava-se de doação feita pelo empresário Fabiano Bearare da Costa, sócio-proprietário da Editora Terra do Saber Ltda, e teria sido destinado ao pagamento de despesas de campanha não contabilizadas no ano de 2014.

Conforme Permínio, este valor, segundo salientou Nilson Leitão em conversa, teria sido dividido entre Wilson Santos, Carlos Avalone e Guilherme Maluf, então candidatos ao cargo de deputado estadual.
 
Decisões do juiz Francisco Alexandre Ferreira Mendes Neto, 56ª Zona Eleitoral, nos três inquéritos, salientou que as diligências investigatórias da alçada da polícia investigativa concluíram pela escassez de elementos de prova da materialidade delitiva. O próprio Ministério Público Eleitoral de manifestou pelo arquivamento.
 
Decisões homologando o arquivamento datam de 1º de abril.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet