Olhar Jurídico

Domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias / Geral

Acusado de agredir esposa, Leonardo Campos retorna à presidência da OAB-MT

Da Redação - Arthur Santos da Silva

03 Jul 2020 - 14:00

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Acusado de agredir esposa, Leonardo Campos retorna à presidência da OAB-MT
O advogado Leonardo Campos retornou ao posto de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso (OAB-MT), na quinta-feira (2). Ele havia se licenciado do cargo após ser acusado de agredir a esposa. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Ordem.

Leia também 
Leonardo Campos tem 15 dias para esclarecer acusação sobre agressão

 
Em seu primeiro dia após o retorno, Campos tratou com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), apelando para que o administrador recue sobre o rodízio de veículos e pessoas na Capital. Ainda na quinta-feira a imprensa noticiou que o Ministério Público (MPE) denunciou Leonardo Campos com base na acusação de agressão.  
 
Leonardo é acusado de praticar agressão contra Luciana Póvoas. O presidente da OAB-MT chegou a ser detido durante o dia 27 de maio após ser enquadrado pela Lei Maria da Penha.

Na noite da agressão a Polícia Militar foi acionada. No local, a advogada Luciana Póvoas relatou que seu companheiro, Leonardo Campos, chegou em casa aparentando ter ingerindo bebida alcoólica. O casal discutiu. O presidente da OAB-MT teria empurrado a companheira, caracterizando ato de agressão.

O juiz Jamilson Haddad Campos, titular da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, concedeu liberdade a Leonardo Campos, imponto três medidas protetivas. Após ser liberado, Leonardo Campos emitiu nota, afirmando que não houve agressão.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • elifas jose ribeiro
    04 Jul 2020 às 11:56

    o porcorativismo descupe corporativismo e marca registrada na oab

  • Vicente
    04 Jul 2020 às 11:19

    como me bloquearam, voces não conseguem lembrar o que publicam, o fulano ai estava com teor alcolico, tudo bem, e a sua esposa estava tomando medicamentos, o porque bloquearem, acho que quem bloqueia deveria estudar, ou parar de corotizar

  • João
    04 Jul 2020 às 11:01

    Nossa! Só tem juízes nos comentários, né? Já fizeram a instrução do processo e julgaram em tempo recorde! Parabéns! Se algum dia forem injustamente acusados de qualquer crime - e isso é possível, ou não? -, será que gostariam de receber esse julgamento sumário que fazem por aqui? (Não falo concretamente do caso do presidente da OAB porque não sei o que aconteceu e acho que nem os jurisconsultos comentadores também).

  • Mari
    04 Jul 2020 às 10:06

    Como podemos permitir que meia dúzia de pessoas podres mande e comande o nosso Estado? Quem pode mais manda mais? KD Maria da Penha? a OAB não conhece??????

  • araqueto
    04 Jul 2020 às 10:05

    Depois de tudo, ainda volta presidente. Deveria ser expulso da OAB.

  • Heráclito
    04 Jul 2020 às 09:07

    A OAB de MT é orgulho nacional. Conta outra zé mané.

  • Jose
    04 Jul 2020 às 07:40

    Se ao lado do "olhar conceito, olhar jurídico" etc....existisse o Olhar cômico certas figuras seriam freqüentadoras assíduas do editorial.

  • Gunther Reuter
    04 Jul 2020 às 07:01

    Não sabia que já havia saído a condenação . Justiça rápida. Ou, está em fase de inquérito, para depois instaurar procedimento persecutório, onde poderá haver recebimento ou não da denúncia pelo MP, e posterior, a justiça acata ou não, conforme material probatório etc . O que vejo, “acusado de agredir volta à presidência”, está claro que o viés da reportagem, é a condenação de plano. Não estou analisando o mérito, pois isso cabe ao juiz, mas acho que tem muita hipocrisia, patifaria com a imprensa ultimamente. Sei que não será publicado minha opinião, pois ultimamamente o jornalismo não tem nada de imparcial, somente o que é conveniente, oportuno, que dá audiência e rentabilidade. É o que há !!! Surgirá a palavra “vetado”, ou sequer à menção que neste espaço foi inserido um comentário. “favores aos amigos e à lei aos inimigos” Maquiavel

  • Benedito costa
    04 Jul 2020 às 06:41

    Pois é! Com o seu retorno a Presidência da OAB secção de MT, tem minha desaprovação e meu repúdio. Partir de hoje meu conceito em relação a OAB de MT é de uma.casa manchada e que dá cobertura a bandido crápula que desfere contra a mulher. Enquanto ele permanecer lá a ordem virou desordem sem moral pra lutar pelas causas da mulher.

  • Antonio
    03 Jul 2020 às 23:33

    Se fosse qualquer outro presidente de entidade, a Ordem estava falando absurdo, agora como é em casa, silêncio, silêncio........

Sitevip Internet