Olhar Jurídico

Domingo, 16 de junho de 2019

Notícias / Civil

MPE investiga se técnicas de asfaltamento e manutenção da Sinfra geram enriquecimento ilícito

Da Redação - Arthur Santos da Silva

24 Mai 2019 - 09:58

Foto: Reprodução

MPE investiga se técnicas de asfaltamento e manutenção da Sinfra geram enriquecimento ilícito
O promotor de Justiça Mauro Zaque, do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), instaurou, de ofício, inquérito civil no dia 2 de maio para investigar a atuação da Secretário de Estado de Infraestrutura (Sinfra). O objeto é apurar irregularidades na qualidade das obras de pavimentação de rodovias, recuperações e serviços de manutenção empregados em Mato Grosso. A técnica empregada no asfaltamento também é questionada.

Leia também
Defesa alega insanidade, mas homem é condenado a 17 anos de prisão por morte de ex com cabo de energia

 
Para abrir o inquérito, Zaque considerou diversos procedimentos que tramitaram e tramitam pelo Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa no tocante a má qualidade na execução das obras de pavimentação asfáltica e manutenção rodoviária.
 
O promotor assinalou ainda que a Sinfra tem se furtado de informar quais medidas estão sendo adotadas para reparos nas obras já realizadas. Conforme Zaque, “a ausência de avaliação e detecção de irregularidades em obras públicas estaduais pode restar caracterizado ato de improbidade administrativa”.
 
O Ministério Público também questiona a técnica de Tratamento Superficial Duplo (TSD). O órgão afirma que “é o muito comum que patologias como trincas de bordo ou borrachudos venham a surgir por ser o TSD- Tratamento Superficial Duplo muito vulnerável à infiltrações de água por se muito poroso”.
 
A portaria de instauração de inquérito notificou o Secretário Marcelo Padeiro para que as seguintes informações sejam prestadas: Qual é o Sistema de Custos para serviços de manutenção rodoviária e pavimentação asfáltica nas obras rodoviárias? Como é feita a composição de preços, abrangendo insumos de materiais, mão de obra, equipamentos e composições, que representam os serviços mais frequentes na construção civil? São acrescentados percentuais ou outros custos? Padeiro precisa informar ainda se existe um plano de reavaliação no Estado dos trechos de rodovia onde se optou por utilizar o Tratamento Superficial Duplo.

Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de Mato Grosso também foi notificado para prestar informações. A reportagem entrou contato com a assessoria de imprensa da Sinfra e aguarda manifestação.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcos Paulo
    24 Mai 2019 às 23:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet