Olhar Jurídico

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Notícias | Criminal

dados vazados

Mãe de menor apreendido por morte de motoristas reclama sobre algemas e divulgação de depoimento; pede segredo

Mãe de menor apreendido por morte de motoristas reclama sobre algemas e divulgação de depoimento; pede segredo
Mãe de um dos menores apreendidos pela suposta participação na morte de três motoristas de aplicativo reclamou no Poder Judiciário apontando ilegalidade na disponibilização de depoimento do filho. Ela requer que o caso entre em segredo de Justiça.


Leia também 
'Ex-rei do algodão' é processado por fraude tributária em transação envolvendo empresa de Piran
 

A matriarca relata que o depoimento do menor foi disponibilizado no sistema PJE (sistema de consulta processual) com aparição de seu rosto, voz e imposição de algemas durante toda a oitiva. “Além disso, consta nos autos documentos com os depoimentos, dados pessoais e demais informações protegidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente”.
 
“Válido ressaltar que o aludido processo não está sob segredo de justiça, estando em nível público e com vazamentos constantes de dados para a imprensa, situação que viola a Constituição da República do Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente, bem as disposições de Tratados Internacionais de Direitos Humanos dos quais o Estado brasileiro é signatário”.
 
Deste modo, a mãe requer a imediata decretação de segredo de justiça aos autos. Ainda, requer seja oficiado o Ministério Público do Estado de Mato Grosso para que diligencie acerca dos fatos, com a devida apuração do responsável por cometimento da infração.
 
Latrocínios

Márcio Rogério Carneiro, 34 anos; Elizeu Rosa Coelho, 58 anos e Nilson Nogueira, de 42 anos, desapareceram entre 11 e 14 de abril, após saírem de casa para trabalhar no período noturno nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande.

Após a prisão e apreensão dos envolvidos, um adulto e dois menores, os policiais civis localizaram os corpos de duas vítimas, Márcio e Elizeu, no bairro Jardim Petrópolis e em um lixão próximo do Capão do Pequi, ambos em Várzea Grande. Já o corpo de Nilson foi localizado em uma área no distrito de Bonsucesso, na mesma cidade.

O adulto de 20 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas, por restringir a liberdade das vítimas, grave ameaça com emprego de arma branca e resultado morte; ocultação de cadáver e corrupção de menores.

Os dois adolescentes, ambos de 15 anos, foram autuados por atos infracionais análogos aos crimes de roubo majorado e ocultação de cadáver.

A equipe da DHPP identificou ainda uma quarta vítima do trio, que foi sequestrada na quarta-feira da semana passada, da mesma forma que os motoristas mortos foram abordados, mas conseguiu escapar.
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet