Olhar Jurídico

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Eleitoral

NOVA DERROTA

Justiça permite resposta de Botelho a 'ataques covardes e mentirosos' de Abílio

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Justiça permite resposta de Botelho a 'ataques covardes e mentirosos' de Abílio
O juiz da 1ª Zona Eleitoral, Jamilson Haddad Campos, rejeitou mais um pedido do deputado federal Abilio Brunini (PL) contra o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (União), permitindo que o deputado estadual possa se defender dos ataques “covardes e mentirosos” que sofre de seu pretenso adversário nas eleições pela prefeitura de Cuiabá em 2024. 


Leia mais
STF mantém proibição de desconto previdenciário sobre jornada extraordinária de militares


O magistrado indeferiu a petição inicial da representação e extinguiu o processo sem resolução do mérito. Abilio ingressou com a ação alegando que Botelho estaria ofendendo sua honra ao dizer que se defenderia dos ataques que vem sofrendo indo à justiça. 

O juiz eleitoral apontou que a petição inicial não apresentou elementos essenciais à análise dos pedidos formulados. 

“Importante salientar ainda que no presente caso, o representante identificou e citou o endereço da publicação da matéria no site Midia News, todavia, descurou-se em provar que a pessoa indicada para figurar como representado - no caso, Eduardo Botelho - é o seu respectivo autor, o que, revela a inépcia da petição inicial de representação pela ausência de prova indispensável à sua propositura, considerando ainda o fato de que o procedimento que a envolve é célere, tornando inviável qualquer pedido de emenda ou complementação à inicial”, diz trecho da decisão.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet