Olhar Jurídico

Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Notícias | Civil

DEFLAGRADA HOJE

Operação do MPE contra prefeito investiga irregularidades em contratos de quase R$ 1 milhão

Foto: Reprodução

Operação do MPE contra prefeito investiga irregularidades em contratos de quase R$ 1 milhão
Na operação Avaritia, deflagrada nessa terça-feira (15) contra o prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB), o Ministério Público investiga irregularidades em três contratos firmados pela prefeitura com a construtora Alto Monte, sediada em Alto Paraguai, que somados totalizam quase R$ 1 milhão. Nesta manhã, o Núcleo de Ações de Competência Originária, o Naco, cumpriu decisão do Tribunal de Justiça, realizando buscas na casa de Loureiro e na sede da prefeitura.

Leia mais
MP deflagra operação contra prefeito e agentes do Naco e Gaeco fazem buscas


Em uma nota enviada à imprensa após a deflagração da operação, o prefeito informou que ele e o município contribuíram com o Ministério Público e forneceram os documentos relativos a obra de construção do alambrado no novo cemitério municipal, a construção de três salas de aula na Escola Municipal de Educação Infantil Criança Feliz e acerca da construção de uma cobertura para quadra poliesportiva na Escola Municipal Castro Alves na Caeté.

Em consulta ao Portal de Transparência do município, foi possível verificar que o contrato de ampliação da unidade Criança Feliz custou R$ 280.863,00, firmado com a Alto Monte na modalidade Tomada de Preço. Para execução de cerca do cemitério, a mesma empresa firmou contrato na mesma modalidade por R$ 125.758,00. Por fim, para construção de quadra na escola Castro Alves foram empenhados R$ 517.854,00.

Na nota, Loureiro afirmou que foi surpreendido pela Operação porque já havia sido intimado para apresentar os documentos ao MPE, tendo cumprido as diligências necessárias.

Apontou que tanto ele quanto a prefeitura estão à disposição das autoridades para colaborar com as apurações que, devido às suas diligências, resultou na liberação dos servidores municipais durante o expediente de hoje.

De acordo com assessoria do MPE, o Naco cumpriu mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura Municipal e nas residências dos alvos.

O material apreendido será utilizado no inquérito policial já instaurado contra o prefeito e outro investigado.

Ainda hoje o Naco pediu ao Tribunal o pedido de retirada do sigilo das investigações, já que a ação corre em segredo de Justiça. Até o fechamento da reportagem, porém, o sigilo do processo ainda não havia sido levantado.

Outro lado

Em relação à Operação Avaritia, do Núcleo de Ações de Competências Originárias (NACO) do Ministério Público Estadual, realizada na manhã desta terça-feira (15.08), informamos que:

O município e o prefeito Dr. Manoel Loureiro Neto contribuíram com a operação fornecendo os documentos relativos a obra de construção do alambrado no novo cemitério municipal, a construção de 03 (três) salas de aula na Escola Municipal de Educação Infantil Criança Feliz e acerca da construção de uma cobertura para quadra poliesportiva na Escola Municipal Castro Alves na Caeté.

Dr. Manoel Loureiro Neto esclarece que foi surpreendido com a operação tendo em vista que já havia sido intimado para apresentar os documentos exigidos pelo Ministério Público e cumprido com as diligências.

O prefeito ainda informa que todas as decisões no âmbito da Prefeitura de Diamantino são tomadas pensando no melhor para os diamantinenses e reforça o seu compromisso com o dinheiro público, o cuidado com o cidadão e desenvolvimento de políticas públicas que fomentem o desenvolvimento e a economia do município.

Por fim, Dr. Manoel Loureiro afirma confiar nas instituições para apuração da verdade e mantém o compromisso com a transparência e os valores institucionais.

A Prefeitura de Diamantino e o prefeito municipal permanecem à disposição das autoridades para colaborar com os esclarecimentos dos fatos. Devido ao fechamento do prédio para apuração das demais informações, os servidores municipais foram liberados durante o expediente desta terça-feira (15.08). A partir de quarta-feira (16.08) o horário de atendimento será restabelecido normalmente, sendo das 07:00 às 13:00 horas.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet