Olhar Jurídico

Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Notícias | Eleitoral

ex-governador

Justiça homologa arquivamento de investigação que apontava caixa 2 de R$ 820 mil em nome de Taques

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Justiça homologa arquivamento de investigação que apontava caixa 2 de R$ 820 mil em nome de Taques
Justiça Eleitoral homologou arquivamento de inquérito em face do ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques, suspeito de caixa 2 na campanha de 2014. A acusação, descartada após investigação da Polícia Federal, partiu do delator premiado e empresário, Alan Malouf. Decisão é de quinta-feira (13).

Leia também 
Clarice Claudino é eleita presidente do TJMT; Maria Erotides vice e Juvenal corregedor

 
Inquérito policial foi instaurado após Alan Malouf delatar suposta doação de recursos não declarados. O empresário atribuiu a Taques o recebimento irregular de R$ 820 mil para quitação de dívidas referentes à candidatura, repassados por Fernando Minosso, que pretensamente visava contrapartida na forma de cargo.
 
Concluída a apuração, a autoridade policial consignou não haver localizado dados que corroborassem as imputações. O Ministério Público Eleitoral requereu o arquivamento dos autos por considerar que o resultado da investigação não foi capaz de reunir um lastro mínimo de elementos comprobatórios da materialidade delitiva.
 
Em sua decisão, Francisco Alexandre Ferreira Mendes Neto, da 51ª Zona Eleitoral,  apontou inexistência nos autos de elementos que justifiquem o oferecimento de denúncia. “O arquivamento é a medida correta a se tomar, devendo restar consignado, contudo, que todo arquivamento por falta de provas não obsta a retomada das apurações caso estas surjam em momento futuro”.
 
“Posto isso, ausentes os elementos indiciários da tipicidade da conduta, acolho a pretensão formulada e homologo a promoção de arquivamento dos autos do inquérito, com as ressalvas do art. 18 do Código de Processo Penal”, finalizou.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet