Olhar Jurídico

Sábado, 18 de maio de 2024

Notícias | Eleitoral

durante o voto

Justiça Eleitoral recebe Termo Circunstanciado sobre homem flagrado fotografando urna

Foto: Reprodução

Justiça Eleitoral recebe Termo Circunstanciado sobre homem flagrado fotografando urna
Polícia Federal (PF) enviou à Justiça Eleitoral Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em que pessoa identificada como Rodrigo Sebastião foi flagrado fotografando urna eletrônica enquanto votava na Escola Municipal Rural de Ensino Básico Professora Hilda Caetano de Oliveira Leite, no Coxipó da Ponte, em Cuiabá.


Leia também 
MP em Mato Grosso notifica perfis em rede social para que tirem do ar enquetes e sondagens sobre as Eleições 2022

 
Após ser flagrado, policiais militares questionaram o suspeito, que confirmou que tirou fotografias da urna eletrônica. O conduzido não soube explicar o motivo pelo qual tirou tais fotos, tendo afirmado que teria sido em um "momento bobeira".
 
Quem registrar o voto com máquinas fotográficas, filmadoras, e telefones celulares poderá ser multado e até mesmo ser preso. A lei visa preservar o sigilo do voto.
 
Não é proibido levar o smartphone para a seção eleitoral, mas, após apresentado o e-Título, o eleitor deve deixar o aparelho com o mesário enquanto vai à cabine. Em 2022, a votação teve horário unificado em todo o Brasil. Em Mato Grosso, a eleição ocorreu entre 7h e 16h. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet