Olhar Jurídico

Domingo, 29 de maio de 2022

Notícias | Geral

valores brutos

MPF-MT gasta R$ 2,2 milhões pagando 23 procuradores em dezembro; membro recebe mais de R$ 205 mil

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

MPF-MT gasta R$ 2,2 milhões pagando 23 procuradores em dezembro; membro recebe mais de R$ 205 mil
O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF-MT) gastou R$ 2,2 milhões com 23 Procuradores da República durante o mês de dezembro de 2021. O órgão chegou a pagar mais de R$ 200 mil a um único membro.

Leia também 
Justiça manda Defensoria pagar verbas indenizatórias do período em que Valtenir assumiu vaga de deputado

 
Informação foi levantada pelo Olhar Jurídico junto ao Portal da Transparência,  nesta quinta-feira (20). O beneficiado com o maior valor é Valdir Monteiro Oliveira Junior, que recebeu verba indenizatória de R$ 150.052,24 e rendimentos de R$ 55.212,66, totalizando R$ 205.264,90.

Além de Valmir, o procurador Gustavo Nogami também somou cifras grandiosas. Valor de verba indenizatória atingiu R$ 104.845,41, mais rendimento bruto de  R$ 86.930,18, totalizando  R$ 191.775,59.
 
Sobre os pagamentos, o procurador-geral da República, Augusto Aras, esclareceu por meio de nota que cumpriu decisões judiciais e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) anteriores à sua gestão, iniciada em 26 de setembro de 2019.
 
“Trata-se da quitação de dívidas da União para com membros do MPF, tais como licença-prêmio, abonos e indenizações de férias não usufruídas. Parte dessas dívidas é antiga (algumas da década de 1990) e foi reconhecida por decisões judiciais, que determinaram a respectiva quitação. Referem-se, portanto, a direitos previstos em lei, reconhecidos e disciplinados pelos órgãos superiores e de controle, caso do CNMP”, diz trecho de nota.
 
Ainda segundo Aras, a folha de dezembro de 2021 apresenta valores maiores do que a média de outros meses, inclusive em razão de pagamentos obrigatórios efetivados sempre nessa época do ano, como parcela de 13º salário devida a membros e servidores.
 
“O fato de os pagamentos terem sido autorizados pelos órgãos superiores da administração apenas confirma o estrito cumprimento da lei na quitação das dívidas, com a realização de todas as etapas administrativas exigidas, incluindo a publicação prévia de editais e portarias para disciplinar o desembolso”, explicou o Procurador Geral da República.

Confira os nomes e valores:
 
GABRIEL PIMENTA ALVES – Verba indenizatória: R$ 95.775,35/ rendimento bruto: R$ 78.597,27/ soma: R$ 174.372,62
 
GUSTAVO NOGAMI - Verba indenizatória:  R$ 104.845,41/ rendimento bruto:  R$ 86.930,18/ soma:  R$ 191.775,59
 
RICARDO PAEL ARDENGHI - Verba indenizatória: R$ 102.887,49/ rendimento bruto:  R$ 53.341,06/ soma:  R$ 156.228,55
 
LUDMILA BORTOLETO MONTEIRO - Verba indenizatória: R$ 58.688,30/ rendimento bruto:  R$ 56.137,87/ soma:  R$ 114.826,17
 
VALERIA ETGETON DE SIQUEIRA - Verba indenizatória: R$ 33.205,28/ rendimento bruto:  R$ 75.800,46/ soma:  R$ 109.005,74
 
ERICH RAPHAEL MASSON - Verba indenizatória:  R$ 31.766,04/ rendimento bruto:  R$ 75.800,46/ soma:  R$ 107.566,50
 
CARLOS AUGUSTO GUARILHA DE AQUINO FILHO - Verba indenizatória: R$ 37.755,21/ rendimento bruto: R$ 50.533,66/ soma: R$ 88.288,87
 
ANDREA COSTA DE BRITO - Verba indenizatória:  R$ 24.279,56/ rendimento bruto:  R$ 50.533,66/ soma:  R$ 74.813,22
 
VANESSA CRISTHINA MARCONI ZAGO RIBEIRO SCARMAGNANI - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 56.137,87/ soma:  R$ 57.958,03
 
ARIELLA BARBOSA LIMA - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 53.341,06/ soma: R$ 55.161,22
 
DENISE NUNES ROCHA MULLER SLHESSARENKO - Verba indenizatória:  R$ 2.539,78/ rendimento bruto: R$ 50.533,66/ soma:  R$ 53.073,44
 
PEDRO MELO POUCHAIN RIBEIRO - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 50.533,66/ soma:  R$ 52.353,82
 
BERNARDO MEYER CABRAL MACHADO - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 54.276,87/ soma:  R$ 56.097,03
 
JULIO CESAR DE ALMEIDA
- Verba indenizatória:   R$ 16.793,10/ rendimento bruto:  R$ 50.533,66/ soma:  R$ 67.326,76
 
VALDIR MONTEIRO OLIVEIRA JUNIOR - Verba indenizatória:  R$ 150.052,24/ rendimento bruto:  R$ 55.212,66/ soma:  R$ 205.264,90
 
ADRIANO AUGUSTO LANNA DE OLIVEIRA - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 77.672,06/ soma:  R$ 79.492,22
 
FABRIZIO PREDEBON DA SILVA - Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 56.137,87/ soma:  R$ 57.958,03
 
EVERTON PEREIRA AGUIAR ARAUJO - Verba indenizatória: R$ 35.854,57/ rendimento bruto:  R$ 78.597,27/ soma:  R$ 114.451,84
 
GUILHERME FERNANDES FERREIRA TAVARES - Verba indenizatória:  R$ 31.766,04/ rendimento bruto:  R$ 73.928,86/ soma:  R$ 105.694,90
 
RAUL BATISTA LEITE - Verba indenizatória: R$ 16.793,10/ rendimento bruto:  R$ 52.405,26/ soma:  R$ 69.198,36
 
RODRIGO PIRES DE ALMEIDA – Verba indenizatória: R$ 55.319,39/ rendimento bruto:  R$ 53.341,06/ soma:  R$ 108.660,45
 
MARIANNE CURY PAIVA - Verba indenizatória:  R$ 2.539,78/ rendimento bruto:  R$ 73.928,86/ soma:  R$ 76.468,64
 
VINICIUS ALEXANDRE FORTES DE BARROS
- Verba indenizatória:  R$ 1.820,16/ rendimento bruto:  R$ 52.086,01/ soma:  R$ 53.906,17
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet