Olhar Jurídico

Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Notícias | Trabalhista

presidente e vice

Desembargadores Paulo Barrionuevo e João Carlos são eleitos novos dirigentes do TRT

Foto: Reprodução

Desembargadores Paulo Barrionuevo e João Carlos são eleitos novos dirigentes do TRT
O Pleno do TRT de Mato Grosso elegeu  os novos dirigentes que estarão à frente da Justiça do Trabalho no estado no biênio 2022-2023. Para a Presidência foi escolhido o desembargador Paulo Barrionuevo e, para a Vice-Presidência, o desembargador João Carlos.

Leia também
Justiça mantém decisão que nega incluir PGJ em ação sobre compra de R$ 2 milhões em celulares


A eleição ocorreu por aclamação, durante a 10ª sessão administrativa, realizada de forma virtual nessa quinta-feira (21). Paulo Barrionuevo exerce a Presidência do TRT/MT desde que o atual desembargador-presidente, Nicanor Fávero, precisou se afastar por problemas de saúde.

“Lembro-me quando, em 2019, nesta mesma semana, eu e o desembargador Nicanor Fávero fomos eleitos para a direção do Tribunal. Nosso presidente passou por grandes dificuldades durante sua gestão, mas mesmo assim mostrou sua grande capacidade de administração ao driblar crises, como a pandemia, quando deu condições para que todos trabalhássemos em segurança. Ele esta melhorando e se Deus quiser logo estará conosco”, disse Barrionuevo.

O presidente eleito agradeceu a confiança dos desembargadores que o escolheram para o cargo e ressaltou que se sente confortável para assumir os desafios que estão por vir e que a experiência do desembargador João Carlos, atual decano da Corte e que estará ao seu lado na direção, será de grande valia.

Paulo Barrionuevo ingressou no TRT/MT em 1993. Em 1996, tornou-se juiz titular da Vara de Rondonópolis, onde permaneceu até 2019, quando foi promovido ao cargo de desembargador. Já o vice-presidente, desembargador João Carlos, atua na Justiça do Trabalho mato-grossense desde 1988, quando o estado ainda estava sob jurisdição do TRT da 10ª Região (DF-TO). Ele foi presidente do TRT/MT de 2007 a 2009 e há quatro anos exercia o cargo de diretor da Escola Judicial.

O Tribunal Pleno também escolheu os desembargadores que irão exercer os demais cargos na próxima gestão: a desembargadora Eliney Veloso será diretora da Escola Judicial e o vice-diretor será o juiz Ediandro Martins. O desembargador Tarcísio Valente será reconduzido ao cargo de Ouvidor e a desembargadora Beatriz Theodoro será a Vice-Ouvidora. A magistrada também será responsável pelo Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) Cuiabá.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet