Olhar Jurídico

Sábado, 23 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

morte de verdureiro

Justiça marca audiência de instrução em processo que pode levar médica a júri

Da Redação - Arthur Santos da Silva

13 Out 2021 - 15:07

Foto: Reprodução

Justiça marca audiência de instrução em processo que pode levar médica a júri
O juiz Flávio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, marcou para o dia dois de dezembro, às 14 horas, audiência de instrução em processo que pode levar a júri a médica Letícia Bortolini,  acusada de atropelar e matar o vendedor de verduras Francisco Lúcio Maia, em abril de 2018, na cidade de Cuiabá.  Caso pode ser examinado em júri popular. Decisão é desta quarta-feira (13).

Leia também 
Juiz autoriza processamento de apelações contra sentença que livrou Ledur de condenação por tortura

 
“Vislumbra-se que a Politec apresentou o novo laudo pericial e as partes foram devidamente intimadas para se manifestarem sobre o mesmo, nada requereram, portanto para prosseguimento do feito, designo audiência de instrução para o dia 02 de dezembro de 2021, às 14 horas, a ser realizada de forma presencial”, decidiu Miraglia.
 
Conforme a denúncia, no dia 14 de abril de 2018, por volta das 19h35, na avenida Miguel Sutil, em frente a agência do Banco Itaú do bairro Cidade Verde, a médica, “conduzindo veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, em velocidade incompatível com o limite permitido para a via, assim como assumindo o risco de produzir o resultado, matou a vítima Francisco Lucio Maia”. 
 
Letícia foi presa em flagrante em sua residência, casa localizada em condomínio no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. A médica fugiu do local do crime, na Avenida Miguel Sutil. Ela foi solta após o desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça, conceder habeas corpus.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet