Olhar Jurídico

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

em agosto

Mulher acusada de mandar matar marido por caso extraconjugal passa por júri popular

Da Redação - Arthur Santos da Silva

24 Jul 2021 - 10:35

Foto: Reprodução

Mulher acusada de mandar matar marido por caso extraconjugal passa por júri popular
Mulher acusada de mandar matar o marido e um dos denunciados de participação no assassinato vão a Júri no dia 3 de agosto de 2021, às 9h, no Fórum de Cuiabá. O julgamento abre a pauta do Tribunal do Júri do mês de agosto, que ainda tem mais oito sessões, todas com réus presos, marcadas para este mês, conforme calendário divulgado pela juíza Mônica Catarina Perri Siqueira, da 1ª Vara Criminal de Cuiabá.

Leia também: 
Paciente com doença autoimune rara consegue na Justiça medicamento de R$ 14 mil a caixa

 
De acordo com os autos do processo, no dia 18 de janeiro de 2019, por volta de 5h da manhã, Atailson Espírito Santo, em uma moto, levou um terceiro acusado que efetuou disparos de arma de fogo contra Geraldo Jamil Siman de Moreira, que morreu no local. Após o homicídio, Atailton garantiu a fuga do executor.
 
A vítima era casada com Danielle Reis de Souza Siman, apontado pelo Ministério Público como mandante do crime planejado juntamente com um homem com quem tinha um caso extraconjugal. Outros dois homens são acusados de terem sido os intermediários entre os dois executores e os contratantes, que prometeram pagar R$ 15 mil pelo assassinato. O processo foi desmembrando.
 
No mês de junho os julgamentos do Tribunal do Juri foram retomados na Comarca de Cuiabá e, em decorrência da pandemia da Covid-19, as sessões estão sendo realizadas de forma híbrida. Magistrado, promotor, advogados, réu e jurados participam presencialmente. O público pode assistir por videoconferência.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet