Olhar Jurídico

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

suspeito de corrupção

Ex-adjunto preso por suposta propina cita necessidade de viagens e volta a pedir retirada de tornozeleira

Da Redação - Arthur Santos da Silva

21 Jul 2021 - 15:15

Foto: Reprodução

Ex-adjunto preso por suposta propina cita necessidade de viagens e volta a pedir retirada de tornozeleira
A defesa do ex-secretário adjunto Sistêmico da Casa Civil, Wanderson de Jesus Nogueira, realizou novo requerimento para a retirada da tornozeleira eletrônica instalada após prisão em flagrante por suposto esquema de corrupção, fato ocorrido em setembro de 2020.

Leia também 
Servidor que não passou por concurso perde estabilidade na Assembleia Legislativa

 
Conforme o advogado Francisco Faiad, que atual na defesa de Wanderson, “o requerente, buscando trabalhar e sobreviver, necessita fazer algumas viagens. A saber: dos dias 10/8 a 18/8 Fortaleza (CE) e dos dias 30/08 a 02/09 em São Paulo (SP)”.
 
“Por isso, ainda que não se tenha revogado as cautelares, é necessária a autorização judicial para a viagem e a desativação da tornozeleira, para poder passar pelos detectores do Aeroporto e hotéis” explicou Faiad.
 
Conforme defesa, “o requerente está respondendo, ainda, a um Inquérito Policia, que não se finda, e nem se aponta, pela autoridade policial, data para o seu findar. Mas mesmo assim, encontra-se com uma série de Medidas Restritivas, que já deveriam ter sido revogadas”.
 
Wanderson, ex-secretário adjunto Sistêmico da Casa Civil, foi preso em flagrante pelo suposto cometimento do crime de corrupção passiva. Policiais flagraram o ex-membro do Executivo Estadual com uma mochila preenchida por R$ 20 mil.
 
Há suspeita que o dinheiro seja fruto de propina paga por contratos firmado com a TMF Construções e Serviços Eireli. Segundo informações disponibilizadas pela ferramenta Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças de Mato Grosso (Fiplan), a empresa TMF recebeu somente em 2020 valor superior a R$ 3,4 milhões.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet