Olhar Jurídico

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

segredo de Justiça

Recurso contra internação da menor que matou amiga no Alphaville chega ao STJ

Da Redação - Arthur Santos da Silva

13 Mai 2021 - 09:26

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Recurso contra internação da menor que matou amiga no Alphaville chega ao STJ
Defesa da menor acusada de matar Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, com tiro na cabeça no Condomínio Alphaville, em Cuiabá, já apresentou recurso junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), buscando liberdade. Segundo apurado pelo Olhar Jurídico, requerimento está em segredo de Justiça e aguarda julgamento.

Leia também 
Mãe de menor morta no Alphaville pede bloqueio de 15 imóveis ligados aos pais de atiradora

 
Na Terceira Câmara do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), dois desembargadores votaram contra liberdade. Julgamento foi concluído no dia 28 de abril. No TJMT, o julgamento ocorreu de forma sigilosa, por tratar sobre menor de idade. A sessão não foi transmitida ao público. 
 
A menor acusada de matar Isabele cumpre medida socioeducativa de internação. Conforme sentença assinada pela juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, a internação foi aplicada levando em conta a prática do ato infracional equiparado ao crime de homicídio qualificado.

Há nos autos o esclarecimento de que o prazo da medida socioeducativa não pode ultrapassar três anos. A medida socioeducativa será reavaliada semestralmente. O crime aconteceu em julho de 2020 e ganhou repercussão nacional após ser publicizado pelo programa dominical Fantástico, da Rede Globo.
 
A reportagem tentou obter mais informações com o advogado Artur Osti, que realiza a defesa da menor. Não houve resposta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet