Olhar Jurídico

Terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Notícias / Criminal

Homem que matou apresentador de TV a facadas em MT é condenado a 14 anos de prisão

Da Redação - Vinicius Mendes

25 Nov 2020 - 09:33

Foto: Reprodução

Homem que matou apresentador de TV a facadas em MT é condenado a 14 anos de prisão
O Tribunal do Júri da Vara Única de Marcelândia (a 641 km de Cuiabá) condenou Júlio Tidre pelo assassinado do apresentador de TV Olímpio da Rosa, a facadas, em novembro de 2015. A pena foi fixada em 14 anos e sete meses de reclusão, em regime inicial fechado.
 
Leia mais:
Justiça autoriza exumação de corpo de avô de menina morta envenenada por madrasta
 
O julgamento ocorreu no último dia 10 de novembro. Conforme consta nos autos, na noite do dia 29 de novembro de 2015, durante uma festa no “Bar Boate Azul”, localizado na Avenida Colonizador José Bianchini, bairro Setor Industrial, em Marcelândia, a vítima Olímpio da Rosa, foi atingida por um instrumento cortante no tórax, levando-o à morte.
 
O Tribunal do Júri reconheceu que Júlio Tidre foi o autor do crime. O réu se defendeu dizendo que agiu por motivo de “relevante valor moral, decorrente de provocação da vítima com relação a ele”. Os motivos do crime não chegaram a ser esclarecidos no processo.
 
Os jurados reconheceram que Júlio agiu mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, eis que foi surpreendida com o golpe em seu tórax, em local público. Com base nisso condenaram o réu pelo homicídio de Olímpio. A juíza presidente do Tribunal do Júri, Thatiana dos Santos, fixou a pena em 14 anos e sete meses de reclusão, a ser cumprido inicialmente em regime fechado.
 
O crime
 

O crime foi registrado por volta das 23h30 de domingo, 29 de novembro de 2015. Populares informaram que ele estava sentando quando um homem se aproximou e desferiu um golpe contra as costas dele. Olímpio ainda tentou deixar o bar, mas acabou morrendo no local. Ele teria discutido, minutos antes, com o autor dos golpes.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet