Olhar Jurídico

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Civil

MPE investiga obra em UTI e pede que Zé do Pátio explique contratação

Da Redação - Arthur Santos da Silva

15 Out 2020 - 09:25

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MPE investiga obra em UTI e pede que Zé do Pátio explique contratação
O Promotor de Justiça Wagner Antonio Camilo, membro do Ministério Público em Mato Grosso (MPE), abriu inquérito para investigar licitação lançada em 2020 para contratação de empresa responsável pela obra de implantação de UTI no hospital Antonio dos Santos Muniz. O prefeito de Rondonópolis (212 km de Cuiabá), Zé do Pátio (SD), foi notificado para prestar informações.
 
Leia também
Juiz eleitoral revoga liminar e permite publicação envolvendo Emanuel e Emanuelzinho


Segundo os autos, o mesmo hospital foi objeto de serviços de adaptação em outra contratação. O inquérito civil pode levar à propositura de ação civil pública ou de responsabilidade por improbidade administrativa.
 
O promotor de Justiça já notificou a prefeitura, requisitando que os responsáveis enviem cópia integral do processo licitatório vencido pela Construtora Medianeira Eireli. A portaria de instauração do inquérito é do dia sete de outubro.
 
O Olhar Jurídico noticiou na quarta-feira (14) que Ministério Público abriu investigação contra o município de Rondonópolis sobre licitação de 80 novos abrigos em pontos de ônibus e táxi, ao custo de R$ 1,156 milhão.
 
Segundo os autos, a licitação previa que os novos abrigos seriam equipados com tecnologias como estação de recarga de celular e painéis de led. Porém, concluído o serviço de instalação, muitos dos abrigos não possuem tais funcionalidades.
 
Dias antes o promotor Wagner Antonio Camilo habia instaurado inquérito civil para apurar supostas irregularidades na execução da obra pública de construção do Parque Ecológico do Escondidinho, também em Rondonópolis.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet