Olhar Jurídico

Domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias / Criminal

Conselheiro preso após ser flagrado descartando provas é solto pelo STF

Da Redação - Vinicius Mendes

01 Ago 2020 - 09:05

Foto: Reprodução

Conselheiro preso após ser flagrado descartando provas é solto pelo STF
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, concedeu liberdade ao conselheiro afastado do Tribunal de Contas (TCE-MT), Waldir Teis, em decisão da noite desta sexta-feira (31). Teis foi preso no dia 1º de julho, após o episódio em que foi flagrado descendo 16 andares do prédio onde funciona seu escritório, para descartar provas.

Leia mais:
Vídeo mostra momento em que conselheiro afastado tenta se livrar de cheques; Assista

A petição foi feita pelo escritório do advogado Rodrigo Mudrovitsch. De acordo com a defesa, a decisão que concedeu a prisão domiciliar foi proferida na noite de ontem (31), mas como ainda aguardam a expedição dos ofícios o conselheiro ainda não saiu da cadeia. 

Waldir Teis deve ser solto ainda neste final de semana. A ordem para a prisão foi proferida pelo ministro Raul Araújo, relator da Operação Ararath no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e teve como base relatório da Polícia Federal. O fato ocorreu no dia 17 de junho, mas a prisão só foi cumprida no dia 1º de julho.

A defesa havia justificado que Teis destruiu documentos para proteger sua família. Segundo o advogado que patrocina a defesa de Waldir Teis, Diógenes Curado, os documentos manipulados pelo conselheiro não apontavam crimes, mas poderiam citar membros de sua família.

O dia do crime
 
Em 17 de junho, cumprindo as medidas cautelares autorizadas pelo STJ, policiais federais e membros do MPF estiveram em 19 endereços ligados aos investigados da Operação Ararath.
 
 Durante as buscas no escritório do conselheiro do TCE, no Edifício Maruanã, a Polícia Federal flagrou o investigado tentando destruir cheques assinados em branco e canhotos de cheques, jogando-os na lixeira do prédio, depois de descer correndo 16 andares de escada.

 A tentativa do conselheiro foi filmada e fotografada. Ele foi denunciado na terça-feira (30) pela conduta que levou à prisão preventiva.

38 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LEO FIGUEIREDO
    03 Ago 2020 às 15:51

    E os Conselheiros querem voltar pro TCE............ kkk

  • José
    03 Ago 2020 às 12:50

    Hoje uma rádio de Cuiabá informou que a decisão da soltura foi porque o santo é hipertenso e tem idade avançada, interessante que para por a mâo em recurso público e descer 15 andares correndo feito ladrão de galinhas ele não demonstrou ter problema de saúde. Legal a Justiça brasileira, basta apresentar um atestado de algum problema e já vira santo, é uma vergonha.

  • Prof. Orlando
    03 Ago 2020 às 12:44

    Sabe o que deixa a gente intrigado, é ver este Sr. Teis, funcionário do Blairo Maggi, com bons serviços prestados e gozando de boa confiança, tanto é que foi indicado para ser secretaria das finanças do Estado, e agora ficar passando por essas humilhações. Como é crível, até que ponto o homem chega... Em contrapartida temos o presidente Bolsonaro, com uma vida pregressa sem corrupção... e que sempre rejeitou as ofertas do "toma lá dá cá"...

  • Zeca
    03 Ago 2020 às 10:58

    Decisão mais uma vez do STF em favor da corrupção e contra o povo brasileiro que paga altos impostos para sobreviver. STF assim como o TCE/MT tem de ser extintos.

  • jose ricardo
    03 Ago 2020 às 10:12

    Há muitos anos que o MPF e a PF estão enxugando gelo. O STF é uma VERGONHA!!!!

  • jose
    01 Ago 2020 às 18:22

    Por essas e por outra é que o Brasil nunca vai dar certo. Brasil: aqui a bandidagem tem a proteção da lei.

  • Fpg
    01 Ago 2020 às 16:37

    Adianta prender? Só brincam com cara do povo é colocam todos de nariz de ponta vermelha

  • Zé Mané
    01 Ago 2020 às 15:49

    As imagens são fracas... As provas não convence.... Brasil país da injustiça mesmo... Vergonha! Vergonha!

  • Luciano
    01 Ago 2020 às 15:34

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Os indignados
    01 Ago 2020 às 15:17

    Site será que não teve nenhum comentário sobre essa matéria? Muito estranho

Sitevip Internet