Olhar Jurídico

Domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias / Civil

Justiça nomeia provisório para ocupar lugar do pastor Sebastião na presidência da Assembleia de Deus

Da Redação - Arthur Santos da Silva

15 Jul 2020 - 14:00

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Justiça nomeia provisório para ocupar lugar do pastor Sebastião na presidência da Assembleia de Deus
A juíza Sinii Savana Bosse Saboia, da Nona Vara Cível de Cuiabá, acatou pedido liminar e nomeio Enézio Barreto Rondon como administrador provisório da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Cuiabá e Região. Decisão foi estabelecida no fim da tarde de quarta-feira (14).

Leia também 
Juiz aumenta para R$ 209 mil fiança de pai de adolescente que matou amiga em condomínio
 

Determinação ocorre após as mortes dos pastores Sebastião Rodrigues e seu filho, Rubens Ciro, presidente e vice da igreja. Ambos faleceram em consequência à pandemia do novo coronavírus.
 
Segundo a juíza, o estatuto da Igreja afirma que compete ao vice-presidente “substituir o presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em sua falta e impedimento, e sucedendo-o no cargo em casa de vacância”. Porém, não há indicação em caso da falta de ambos.
 
“Tal regimento é omisso na indicação de sucessores em caso de falecimento de ambos os membros a frente da mesa diretora da entidade, o que reflete de fato na impossibilidade da gestão da pessoa jurídica, isto porque não há destinação no estatuto das atribuições destes membros a outro órgão ou membro da instituição”, alertou a magistrada.
 
Ainda segundo os autos, o indicado detém cargo na Convenção dos Ministros das Sssembleias de Deus no Estado de Mato Grosso e das Igrejas Filiadas (Comademat), o que demonstraria, ao menos inicialmente, a sua capacidade de gerir a entidade momentaneamente.
 
Com a decisão, Enézio Barreto foi nomeado como administrador provisório da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Cuiabá e Região, pelo prazo e tempo estritamente necessário para a regularização da representação.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eduardo Alvarenga
    16 Jul 2020 às 09:06

    Justiça não nomeio nada, apenas regulariza a decisão da igreja, isso faz parte da legalidade jurídica. Matéria bem fora da realidade.

  • Marlan
    15 Jul 2020 às 18:30

    Não sou evangélico,mas admiro muito a Assembleia de Deus e tenho inúmeros amigos que lá congregam...fico triste em saber que recorreram a justiça para nomear um administrador, aínda que provisoriamente,. Espero que a politicagem não venha ferir de morte tão linda congregação. Que Deus ilumine e aponte um bom pastor para conduzi-los.

  • jose ricardo
    15 Jul 2020 às 16:13

    Até nisso a justiça tem que decidir? ninguém vai mais nem no banheiro se o juiz não decidir. O Brasil virou uma piada. Na eleição da Unimed precisa entrar na justiça. Na eleição da OAB precisa entrar na justiça. Brasileiro não sabe mais viver sem entrar na justiça.

  • Blue
    15 Jul 2020 às 15:42

    Graças a Deus e provisório. Porque esse aí não serve para acolher ovelhas não. Fui da igreja dela por uns 04 anos, junto com minha família, saímos todo da igreja dele. Tem os bons pastores, e tem os maus, esse é dos maus, com a gestão mata fé. Esqueceu de Deus e o amor que Jesus ensinou, ficou apenas com a doutrina e as fofocas de outros irmãos na cabeça.

  • Celio Ferreira Macedo
    15 Jul 2020 às 15:08

    Que Deus tenha compaixão,uma questão interna da igreja levada aos tribunais.

  • Cezar
    15 Jul 2020 às 15:08

    Poderiam decidir irmãmente a sucessão provisória até nova eleição. Mas como irmandade é algo complexo ...

  • Zeca
    15 Jul 2020 às 14:30

    Coo pode o estatuto ou regimento não observar detalhes tão importantes e necessários como este? Falha grave!

Sitevip Internet