Olhar Jurídico

Domingo, 05 de julho de 2020

Notícias / Criminal

OAB diz que acompanhará caso de violência doméstica envolvendo presidente e comunicará Conselho Federal

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

28 Mai 2020 - 18:48

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

OAB diz que acompanhará caso de violência doméstica envolvendo presidente e comunicará Conselho Federal
A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT), emitiu um comunicado na tarde desta quinta-feira (28) afirmando que irá acompanhar cada fase da apuração da denúncia de agressão que o presidente Leonardo Campos teria cometido contra a esposa, a também advogada Luciana Póvoas durante esta madrugada. Ele chegou a ser preso na noite de quarta-feira (27), mas já está em liberdade.

Leia também
Presidente da OAB-MT, Leonardo Campos é preso por agredir a esposa


A instituição também afirma que já determinou a Comissão de Direito da Mulher para acompanhar a averiguação dos fatos, assim como já acionou o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

Nesta madrugada, o presidente Leonardo Campos e sua esposa foram conduzidos à Delegacia de Polícia, após ambos discutirem em casa.

A advogada Luciana Póvoas chegou a afirmar que houve agressão durante a discussão. Os dois foram liberados pela manhã após prestarem esclarecimentos.

Veja a nota:

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT), em
virtude dos fatos noticiados envolvendo o advogado e presidente da
instituição, Leonardo Pio da Silva Campos e a advogada Luciana Póvoas
Lemos, por meio de sua Diretoria vem a público informar que:

- A OAB-MT acompanha cada fase de apuração dos fatos e seguirá os ritos
legais previstos na legislação pertinente;
- Dentre as ações, a Diretoria determinou à Comissão de Direito da Mulher
para que acompanhe a averiguação dos fatos e tome as providências
julgadas necessárias;
- Outrossim, considerando a competência em razão do foro do presidente
da OAB, nos termos do Código de Ética e Disciplina em vigor e ainda
conferindo a necessária imparcialidade na apuração dos fatos, esta
Diretoria encaminhará toda a documentação relativa ao caso ao Conselho
Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, para providências de alçada.

Faz-se necessário destacar que a OAB-MT reafirma seu compromisso único
e exclusivo com os esclarecimentos dos fatos e com a verdade.

Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT)

 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • PAGADOR DE IMPOSTOS SEM RETORNO
    02 Jun 2020 às 18:27

    ADVOGADOS É BOM NÃO PRECISAR , ESSE NEGÓCIO DO DINHEIRO DA CAUSA IR PARA A CONTA DE ADVOGADO É UMA ABERRAÇÃO ,ELES SOMEM E A PARTE FICA IMPLORANDO PARA TENTAR RECEBER ,TA ERRADO A OAB E O JUDICIÁRIO NÃO VÊ TANTA INJUSTIÇA NESSE PAÍS ??

  • Mário Sanches
    29 Mai 2020 às 09:02

    Tenho assistido na mídia diversas denúncias contra os profissionais da ordem nesse sentido, mas essa foi demais. E agora josé?

  • joao
    29 Mai 2020 às 08:55

    HOMEM QUE E ACOSTUMADO BATER NA ESPOSA NAO DEVERIA PRESIDIR A OAB

  • Juca
    29 Mai 2020 às 08:51

    ...caso de violência doméstica ENVOLVENDO o presidente... não seria CAUSADO pelo presidente ...?

  • Fabio
    29 Mai 2020 às 08:03

    OAB só mostrando que é contra o certo no Brasil. Daqui uns dias esse caso cai no esquecimento da imprensa e fica tudo sussa.

  • olho vivo
    29 Mai 2020 às 07:56

    péssimo exemplo. está solto. mas seu zé, seu jão, seu migué...não sigam os passos desse tar...ele pode bater na mulher e a OAB inteira vai defender, vcs apodrecerão na cadeia...para que leis se ela não é aplicada em todos? péssimo exemplo!

  • Marcos Justos
    29 Mai 2020 às 06:19

    E como fica o julgamento perante a lei dos homens, polícia Civil está investigando? Cadê as feministas defensoras das agredidas? Cadê a própria OAB pedindo celeridade da justiça para prender o “monstro” que agride mulher? Cadê a prisão ? A Le Maria da Penhai é para todos, porém a aplicação das beneficias da lei são para poucos! Deveria receber uma Punição que sirva de exemplo para quem agride mulher: Se ficar solto, tudo certo, blza! Bom exemplo, ou seja, Liberado geral agressão que não dá nada! Se ficar preso, aguardando julgamento, ótimo exemplo para os demais que pensam em agredir uma mulher! Aos demais advogados dos agressores que este caso sirva de exemplo para “Livrar” seus clientes agressores da Cadeia, CTRL C e CTRL-V nos argumentos do presidente da OAB. Os Deuses estão analisando a possibilidade de julgamento perante a lei deles.

  • Péricles
    29 Mai 2020 às 05:06

    De um advogado famoso> "O transtorno de controle no comportamento aflora a mediocridade da gestão, colocando em risco o mandato".

  • Felipe
    28 Mai 2020 às 20:07

    Quem representa a Oab ? Não é o presidente ? O próprio presidente irá se investigar ? Vai acabar em pizza!!

Sitevip Internet