Olhar Jurídico

Quarta-feira, 15 de julho de 2020

Notícias / Civil

Justiça manda reabrir lojas de materiais para construção fechadas em Rondonópolis por suspeita de coronavírus

Da Redação - Max Aguiar

08 Abr 2020 - 16:25

Foto: Reprodução

Justiça manda reabrir lojas de materiais para construção fechadas em Rondonópolis por suspeita de coronavírus
A 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis (distante 230km de Cuiabá), em decisão liminar, determinou a abertura das lojas do Grupo Comapa, que haviam sido fechadas na segunda-feira (6) pela Vigilância Sanitária do município, alegando risco de contaminação do novo coronavírus. 

Leia mais:
Secretário reforça distanciamento: confinamento não é se reunir com amigos para assistir live


Com a decisão, proferida na noite de terça-feira (7), o grupo de materiais para construção reabriu nesta quarta, quatro de suas sete lojas instaladas na cidade. As unidades reabertas são: Bom Pastor, Monte Líbano, Fazendão e Tropical. 

A decisão judicial considera a existência somente de suspeitas de quatro pessoas com Covid-19, não existindo nenhum caso confirmado. Na decisão, o juiz Francisco Rogério Barros estabelece algumas medidas de proteção contra a disseminação do novo coronavírus.

Entre elas, a higienização de superfícies e áreas comuns, o uso de máscaras faciais pelos funcionários, o fácil acesso a álcool em gel 70% e o controle de acesso de pessoas para evitar aglomeração dentro das lojas.

“Já tínhamos adotado todas essas medidas. Antecipamos férias para todos os colaboradores que se enquadram em algum grupo de risco e somos rígidos quanto ao uso das máscaras e à permanente higienização das lojas e das nossas equipes”, pontua o proprietário do Grupo Comapa, Narciso Montanher Filho.

Além disso, o empresário adquiriu 120 testes rápidos de Covid-19 para aplicar nos funcionários que apresentarem sintomas, visando protegê-los e os clientes. “Solicitamos à secretaria municipal de Saúde que nos oriente sobre o procedimento. Estamos totalmente dispostos a colaborar no combate à pandemia”, enfatiza.

Outra medida foi o serviço de compra com entrega em casa. As quatro lojas reabertas também atendem delivery e os pedidos podem ser feitos pelo número (66) 3411-6500, ou pelo link bit.ly/orçafácil.

Em 2020, o Grupo Comapa soma 36 anos de atividades no ramo varejista de materiais de construção. Soma aproximadamente 200 funcionários distribuídos pelas sete unidades em Rondonópolis. 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • gildo
    09 Abr 2020 às 10:02

    Sr. Narciso é um empresário muito serio e correto!! Alem de tudo corinhiano dos bons..

  • Ruth
    08 Abr 2020 às 23:25

    Nossa, essa matéria parece propaganda..

  • Juliao Petruquio
    08 Abr 2020 às 16:40

    Dinheiro não se come sr Juiz.

Sitevip Internet