Olhar Jurídico

Quinta-feira, 07 de julho de 2022

Notícias | Política de Classe

articulador

José Moreno critica retorno de Francisco Faiad para Conselho

Foto: Assessoria

Advogado José Moreno - candidato à presidência da OAB-MT

Advogado José Moreno - candidato à presidência da OAB-MT

O advogado José Moreno criticou o fato de o conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso (OAB-MT) ter reassumido o cargo após se afastar das funções para participar das eleições partidárias como candidato a vice-prefeito na chapa do vereador Lúdio Cabral (PT).

Para José Moreno – candidato a presidência da OAB-MT pela oposição – não há justificativas para Faiad reassumir a vaga uma vez que faltam menos de dois meses para encerrar o mandato.

“Qual a necessidade dele (Fiad) reassumir o cargo no final da gestão e depois de uma derrota partidária?”. Questionou Moreno, em referência ao fato de o opositor ser um dos articuladores da chapa da situação – encabeçada por Maurício Aude – e ter sido derrotado nas disputa partidária.

Segundo José Moreno, o conselheiro Federal nunca se ‘afastou’ de gato da gestão da Ordem, prova disso seria que a esposa e o sócio de Faiad compõem a chapa de Maurício Aude. “A luta pela manutenção do pode está acima do limite. O modelo de gestão é o mesmo não mudou nada”.

As críticas do candidato oposicionistas não são recentes. No ponto de vista de Moreno e do grupo que o apóia a OAB vem sendo comanda pelo mesmo grupo de Francisco Faiad há pelo menos 20 anos e nos pleitos classistas ocorreriam apenas o que chama de ‘troca de peças’.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet