Olhar Jurídico

Segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Notícias / Criminal

TJ revoga prisões de mais quatro réus por envolvimento no jogo do bicho; Arcanjo segue preso

Da Redação - Arthur Santos da Silva

16 Ago 2019 - 17:35

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

TJ revoga prisões de mais quatro réus por envolvimento no jogo do bicho; Arcanjo segue preso
O desembargador Rui Ramos, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), revogou na quinta-feira (15) a prisão de mais quatro acusados de participação no Jogo do Bicho em Mato Grosso, fatos revelados pela Operação Mantus.

Leia também 
Desembargador solta mais três membros da Colibri, mas mantém prisão de Arcanjo

 
A informação foi confirmada pela Assessoria de Imprensa do Poder Judiciário. João Arcanjo Ribeiro, apontado como um dos nomes que chefiavam o esquema, segue preso.
 
Membros da suposta organização criminosa Colibri, liderada por Arcanjo, foram soltos Augusto Matias Cruz, Paulo César Martins e Breno César Martins. Membro da suposta organização criminosa FMC, liderada por Frederico Muller Coutinho, recebeu liberdade Glaison Roberto Almeida da Cruz.
 
As decisões na quinta-feira (16) foram estabelecidas levando em conta pedidos de extensão em habeas corpus já deferidos. Medidas cautelares foram impostas, incluindo tornozeleira eletrônica e entrega de passaporte. 
 
Conforme o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), as duas organizações disputam espaço desde 2017. Total de 33 pessoas foram denunciadas.
 
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • trabalhador
    16 Ago 2019 às 18:39

    porque continua calado aguentando tudo sozinho não da pra entender.

Sitevip Internet