Olhar Jurídico

Domingo, 16 de junho de 2019

Notícias / Eleitoral

TRE pede auxílio em Brasília para encontrar e intimar Neri Geller

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

18 Abr 2019 - 16:42

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

TRE pede auxílio em Brasília para encontrar e intimar Neri Geller
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) busca meios para localizar e intimar o deputado federal Neri Geller (PP) para que ele tenha ciência e se apresente para dar andamento a um processo em que é acusado de ter cometido abuso de poder econômico, em sua campanha de 2018.

Leia também
Justiça do PR não vê elo com megatraficante e manda soltar empresário mato-grossense


Na última terça-feira (16), o desembargador Pedro Sakamoto solicitou para que o TER do Distrito Federal, estado em que Geller trabalha como deputado, para notificá-lo, nos próximos 15 dias.

No documento, Sakamoto diz que a justiça até o momento não conseguiu localizar o parlamentar em Lucas do Rio Verde (350 km de Cuiabá), cidade em que ele reside. A decisão atende a um requerimento do Ministério Público Eleitoral.

“Determino a expedição de carta precatória ao TRE-DF, com prazo de 15 (quinze) dias para cumprimento, a fim de que seja promovida a citação do representado Neri Geller no endereço de seu domicílio necessário (Câmara dos Deputados)”, diz trecho da decisão.

De acordo com a Justiça Eleitoral, Geller prestou contas com irregularidades referente a eleição do ano passado. O MP, também aponta como suspeito, a grande quantidade de dinheiro doado pelo deputado a outros candidatos.

Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Neri Geller foi eleito em 2018 deputado federal como o quarto candidato mais votado, com 73 mil votos.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por justiça
    18 Abr 2019 às 21:47

    e o homem do palito e mais os 23 quando vao ceren chamados para justiça acorda mt....

  • Marcio
    18 Abr 2019 às 20:34

    A nossa justiça tem muita falha é uma vergonha

  • Marcio
    18 Abr 2019 às 20:30

    Ela veio no voo da gol onte para Cuiaba o assento 10 c

  • joaoderondonopolis
    18 Abr 2019 às 18:32

    Se eu não estiver enganado, o problema do deputado foi na mesma eleição de Selma em 2018. O processo do deputado ainda não começou, enquanto o processo de Selma já terminou junto ao TRE/MT. Ai está uma das defesas de Selma. Acredito que o TSE vai absolvê-la, pra todo mundo ver.

  • Felipe boirbon
    18 Abr 2019 às 17:54

    Ué e só ir na terça feira na sede da Frente Parlamentar da Agricultura FPA no horário do almoço qe acha esse gaúcho rolando lero filando boia lá ??????

  • Gladston
    18 Abr 2019 às 17:53

    Gozado né, quando não quer não faz. Esse mesmo TRE, julgando a senadora Selma Arruda, pelo mesmo motivo e na mesma eleição, acelerou todos os trâmites, inclusive com a condenação da mesma. Já esse cidadão que nenhuma força política de MT tem interesse nele, A COISA FLUI DE FORMA LENTA, COMO NORMALMENTE É. Não será dessa forma que teremos mudanças em nosso estado.

Sitevip Internet