Olhar Jurídico

Segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Notícias / Empresarial

Escola da Magistratura e TJ realizam aula sobre recuperação judicial

Da Redação - Lucas Bólico

26 Nov 2016 - 16:41

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Escola da Magistratura e TJ realizam aula sobre recuperação judicial
A Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis-MT) e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) realizam na próxima segunda-feira (28), a aula magna do curso de formação continuada com o tema “Recuperação Judicial e Falência – capacitação para administração judicial”. Ela acontece a partir das 19h, e é realizada em parceria com o Instituto Brasileiro de Administração Judicial (Ibajud) e Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT).

Leia também:
Revendedora de peças de motocicleta com dívidas de R$ 2 milhões tem pedido de recuperação deferido

A aula será realizada no auditório Gervásio Leite, na sede do Tribunal de Justiça (TJMT), e contará com a presença de magistrados mato-grossenses, membros do Ministério Público, da Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso, dentre outros profissionais que exerçam ou pretendam exercer a função de administrador judicial.

O desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) Ricardo José Negrão Nogueira será um dos palestrantes e abordará o tema “Fraudes na recuperação e as falhas da atuação do administrador judicial”.

Também do TJSP, o juiz titular da Primeira Vara de Falências, Recuperações Judiciais e Conflitos relacionados à arbitragem da comarca de São Paulo, Daniel Carnio Costa, vai ministrar palestra sobre “A efetividade da recuperação judicial”. As informações são da assessoria de imprensa do TJ-MT.

Mais informações pelos telefones: (65) 3617-3844/3467 e pelo site Ibajud.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet