Olhar Jurídico

Sábado, 23 de fevereiro de 2019

Notícias / Criminal

​Juiz condena ex-presidente da Câmara de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvio de R$ 6,2 mi

Da Redação - Vinicius Mendes

12 Fev 2019 - 08:53

Foto: Reprodução

​Juiz condena ex-presidente da Câmara de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvio de R$ 6,2 mi
O juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, condenou a ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá Chica Nunes a 11 anos de prisão em regime fechado pelo desvio de R$ 6,2 milhões. Além dela também foram condenadas mais cinco pessoas, pelo mesmo crime. A decisão é de dezembro de 2018, mas foi publicada no Diário de Justiça desta segunda-feira (11).
 
Leia mais:
Ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá e mais 8 são condenados por esquema de R$ 7,7 mi
 
A ação chegou à Sétima Vara oriunda do Tribunal de Justiça, sobre a denúncia feita contra Chica Nunes, Marcelo Ribeiro Alves, Benedito Elson Santana Nunes, Elson Benedito Santana Nunes, Silas Lino de Oliveira, Alessandro Roberto Rondon de Brito, Gonçalo Xavier Botelho Filho, Lucia Conceição Alves Campos Coleta de Souza, Ana Maria Franco de Barros e Lutero Ponce.
 
Todos eles foram denunciados pelo crime tipificado no artigo 312 do Código Penal, que é “apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio”.
 
Foi comprovado que Chica Nunes, enquanto presidente da Câmara Municipal de Cuiabá nos anos de 2005 e 2006, em conluio com outros acusados, forjou licitação com as empresas de fachada, desviando a quantia de R$ 6,2 milhões.
 
O juiz então condenou Chica Nunes a 11 anos, um mês e dez dias de prisão em regime fechado, podendo recorrer em liberdade. O magistrado ainda extinguiu a punibilidade pela acusação de organização criminosa. Ela também deverá pagar 50 dias-multa, no valor do dia-multa em um salário mínimo.
 
Marcelo Ribeiro Alves, Alessandro Roberto Rondon de Brito e Gonçalo Xavier Botelho Filho foram condenados a oito anos e quatro meses de reclusão em regime fechado, além do pagamento de 50 dias-multa.
 
Já Silas Lino de Oliveira e Lucia Conceição Alves Campos Coleta de Souza foram condenados a quatro anos, sete meses e 16 dias de reclusão em regime semiaberto e pagamento de dez dias-multa fixo valor do dia-multa em 1/30 do salário mínimo.
 
O magistrado ainda absolveu os acusados Elson Benedito Santana Nunes, Benedito Elson Santana Nunes, Ana Maria Franco de Barros e Lutero Ponce, por entender que houve falta de provas para a condenação.
 

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Borba Silva
    12 Fev 2019 às 22:30

    Casa dos horrores é pouco. Casa das aberrações é melhor.

  • Márcia
    12 Fev 2019 às 19:41

    Cidadão indignado, as leis foram para proteger situação como essa. Não foram os políticos que fizeram? Se esse crime não compensasse pouquíssimos praticariam. Bastava também os olhos punitivos da sociedade

  • EDSON LIMA
    12 Fev 2019 às 19:33

    Pena branda pouco o crime compensa 6 milhões a 10 anos atrás se vc coloca jurus daria uns 50 milhões. Vai empresta 10 mil do banco vc empresário ou funcionários públicos 10 mil vira 50 mil

  • Valeria Ribeiro
    12 Fev 2019 às 16:49

    Só Lula vai preso?

  • maria
    12 Fev 2019 às 15:27

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • maria
    12 Fev 2019 às 14:46

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Edson
    12 Fev 2019 às 13:06

    E os outros ??

  • Juvenal Arruda
    12 Fev 2019 às 12:39

    Só Lula vai preso neste país?

  • Rogerio
    12 Fev 2019 às 12:32

    Se ficasse presa os 11 anos e não devolver nada sai ganhando quase 47 mil por mês de prisão ! Esse crime compensou sim kkkkkk

  • Cidadão Indignado.
    12 Fev 2019 às 11:29

    Condenada...!! Mas pode recorrer em liberdade...! Anos luz esperando o resultado,e quando sai,não é definitivo. Recorrendo!! pode esquecer. Quando voltar a analizar o processo, já caducou!! Essas são as leis do Brasil. kkkkkkkkkkkkkk. Por isso que dizem, que o crime compensa.

Sitevip Internet